Espetáculos

Conheça cada detalhe de todos os nossos espetáculos

HISTÓRIA DE BAR

ESPETÁCULO PARA ADOLESCENTES E ADULTOS

 

Atrás do balcão um simples BARMAN. Sobre ele, terríveis acusações! Teria sido o responsável pela série de crimes hediondos que assolam a cidade? Seria ele o temido assassino, a decapitar, sem piedade, as suas indefesas vítimas? Pois então, é chegada a hora desse homem contar a sua história! Utilizando-se apenas e tão somente dos objetos existentes no bar, ele contará uma história "macarrônica", ao melhor estilo dos antigos filmes noir. Uma sucessão de ágeis e engraçadas passagens cênicas nos fazem mergulhar no mundo da noite paulistana, entre as ruas, os becos e as boates da cidade fria e calculista. Os bandidos, afiados facões, maços de cigarro ou garrafas de cachaça, desafiam os policiais, um espremedor de frutas, o acendedor automático de fogões (hoje com munição de sobra), o frasco de pimenta, entre tantos outros objetos que, nas mãos do hábil ator, se transformam nas mais divertidas criaturas.

História de Bar se utiliza de uma técnica bastante singular. Trata-se do “teatro de objetos”. Em lugar do ator de carne e osso, são protagonistas da cena personagens feitos de toda a sorte de objetos de nosso cotidiano. O maço de cigarros é Tino... Nico Tino, famoso matador de aluguel, que consume suas vítimas por dentro, corroendo-as sem que percebam... A doce e muito cheirosa enfermeira é AR... Arlete, um bastão de Bom Ar. O garçom é um pegador de gelo, o temível carcereiro, um espremedor de frutas, enquanto o bandido que nada sabe é literalmente um... laranja!

O jogo é absolutamente encantador. A cada passagem do espetáculo uma inteligente surpresa estará à espreita. O exercício criativo da montagem acaba por retratar o mundo de uma nova maneira, e produz uma experiência no mínimo original, e muito inusitada e divertida.

FICHA TéCNICA

 

IDÉIA ORIGINAL: 

JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

 

TEXTO E DRAMATURGIA: 

HENRIQUE SITCHIN E JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

 

ATOR SOLO: 

JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

 

DIREÇÃO: 

HENRIQUE SITCHIN

 

OPERAÇÃO DE SOM E ILUMINAÇÃO: 

ADRYELA RODRIGUES

 

OS VIZINHOS

Olá Pessoal! Vim em nome dos alunos de Teatro do Sesc Rio- são João de Meriti parabenizá-los pelo lindo espetáculo de ontem, completando com a oficina de Bonecos. Foi lindo demais, muito prazeroso aprender um pouquinho com vocês, queremos muito que vocês voltem logo, Já estamos com saudades! Grande Beijo a todos. 💙💙💙

Angélica Sant'Anna - 27/05/2015

ISSO É COISA DE CRIANÇA

Olá! Esta mensagem é para parabenizar a Cia Truks pelo belo espetáculo "Isso é coisa de criança". Se me permitem, segue um breve relato. Neste dia de hoje, amanheci com um sentimento de certa exaustão e desmotivação por uma série de motivos. Fui ao teatro sem grande expectativa, mas com o desejo de superar esses sentimentos e me divertir com minha família. A história da peça me emocionou desde o início com os dizeres: "se vocês (adultos) não entenderem, peçam ajuda da criança ao lado ou perguntem à criança dentro de vcs escondida em alguma caixa". Acho que foi mais ou menos isso. Imaginação! Essa palavra ficou gravada dentro de mim! Um sapato de salto alto pode ser muito mais que um sapato de salto alto! Fez-me pensar sobre lidar com os problemas com imaginação, ao invés de frustração, apenas. Mais do que isso, sinto que a peça mexeu com algo guardado - talvez escondido - dentro de alguma caixa na minha alma... e isso foi bom! Gostaria que soubessem da importância e valor do trabalho de vocês. Ele pode ir muito além da imaginação. Obrigado e parabéns pela versatilidade e competência em cena! Abraço, Prof. Dr. Alexandre Fachini Psicólogo Clínico (CRP 06/76961) Doutor em Saúde Mental (USP) fone: (16) 98136-9426 lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706464Y9

Prof. Dr. Alexandre Fachini - 18/04/2018

FIQUE VIVO

Pessoal da Cia Truks: Acampatório foi a terceira peça de vocês que assisti, e sempre saio delas emocionada. A mensagem de vocês não chega apenas ao público infantil. Vocês conseguem ir muito além disso. As peças tem um quê de poesia e uma pitadinha de melancolia de fundo que, para mim, serve como a pitada de sal no doce: realça o doce e não fica salgado. Sabe? É bonito demais! Eu fico maravilhada com a criatividade de vocês, é inacreditável. Vocês realmente não deixaram esse lúdico infantil ser esmagado pela vida adulta, como tantos deixaram. A habilidade dos atores e o jogo de luz (aliás, a iluminação é elemento chave nas peças de vocês, muito bem feita, é um elemento da narrativa!) são maravilhosas. Outras coisas muito legais são: o ritmo da peça (apesar de ser longa, vocês não deixam a peteca cair, não cansa nunca) e a forma como, quando vocês manipulam o boneco / objeto, nossos olhos focam apenas no boneco / objeto, é incrível. Parece que estamos sendo transportados para um mundo paralelo. Obrigada por nos levar para esse mundo! Acho o trabalho de vocês único e muito especial. Abraço!!

Carmen Guerreiro - 12/07/2016

SONHATÓRIO

Sonhatório ... o que é isso gente??!!! Simplesmente amei... Vcs são show. Rí­ até ficar com dor na barriga rsrs e depois chorei igual criança... Linda a mensagem que vcs passam !!! Ganharam mais uma fí. Parabéns !!!

Danyela Liberalino - 28/09/2012

ZOO-ILÓGICO

Hoje assistimos na Casa de Cultura da Freguesia do í“, espetáculo Zoo-ilógico. Amei, interativo, engraçado, delicado. Levamos usuários da nossa unidade de saúde- CECCO Fí“. Parabéns, venham mais vezes ao nosso território pra curtimos e aplaudirmos de pé.

Sandra - 24/02/2016

Usamos cookies para personalizar o conteúdo, acompanhar anúncios e oferecer uma experiência de navegação mais segura a você. Ao continuar navegando em nosso frontend você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Privacidade e saiba mais.